o
gavião
desafia
o
ar
e
habita
o
topo
da
cadeia
alimentar

1 comentários:

Mai disse...

E são imponentes com a envergadura das asas abertas em voo.
E vc. é o máximo na delicadeza de sua poesia.

Beijos e boa semana.

Postar um comentário